Alimentação para melhorar a memória

Alimentação para melhorar a memóriaTer uma mente saudável é fundamental para o bem estar e para uma vida longa e prazerosa. O nosso corpo é a reflexão da mente, logo, se a mente tá ruim o nosso corpo também fica e é exatamente por isso que devemos cuidar e ter uma mente saudável.

Tá certo que as situações do dia-a-dia acabam gerando com muita frequência, ansiedades e alterações mentais,  suficientes para retirar de algumas pessoas a serenidade mental e a capacidade de decisão necessária nos atos da vida.

Estudar, se alimentar bem, se exercitar, sorrir, viajar e ter amigos são algumas coisas que você precisa fazer e ter para ter uma mente saudável e uma vida longa e prazerosa.

No caso dos estudos, por exemplo, é muito importante sempre estudar algo novo para que possamos colocar o nosso cérebro para raciocinar. Mas tome cuidado, pois tudo demais faz mal.

Se por exemplo, você estuda para passar algum concurso ou vestibular é preciso ter dias de descanso. Afinal, nossa mente precisa também descansar e saindo com os amigos ou com família é uma boa opção.

Já que estamos falando sobre concursos e vestibular, existem alguns truques e dicas para decorar qualquer coisa que você precisa. No curso Memoria 360 é mostrado essas dicas, além disso, esse curso te mostra uma metodologia diferente para estudar, assim garante que você não se esqueça de nada na hora H.

Alimentação para uma boa memória

Algumas mudanças em nosso cardápio podem ajudar nosso cérebro a se manter mais concentrado e até diminuir o envelhecimento cerebral, melhorando a nossa memória.

Uma alimentação rica em alimentos com antioxidantes é fundamental para prevenir doenças como Alzheimer e Parkinson, fatalmente relacionadas à produção de radicais livres pelo nosso organismo.

No geral, os alimentos ricos em antioxidantes são frutas e verduras. Portanto, ter uma alimentação rica desses alimentos é muito importante para o cérebro.

Outro nutriente muito importante é o ômega-3 que é encontrado nos peixes. Esse nutriente é o principal componente das células do cérebro facilitando a comunicação entre as células e melhorando a memória.

Se você busca aprender um idioma, por exemplo, é interessante você ter uma dieta rica em ômega-3, pois ele ajuda na memorização e concentração.

Claro que só isso não vai fazer você aprender o idioma inglês, o método de aprendizagem utilizado também é muito importante. Por isso que para muito o Inglês do Jerry funciona, pois ele é um curso de inglês com metodologia diferenciada, capaz de te ensinar a língua inglesa em até quatro meses.

O morango e tomate também são importantes em uma alimentação para melhorar a memória, porque ambos são ricos em fisetina, o que contribui para uma melhora significativa da memória. Além disso, o tomate possui licopeno, que é um tipo de antioxidante que reduz os danos causados às células pelos radicais livres e previne doenças como o câncer.

Vale lembrar que manter os nossos músculos é muito importante também.

Veja abaixo algumas outras dicas para melhorar a memória: